SunSolve editions on Archive.org

SunSolve

In 2000 I bought an old Sun workstation, a SPARCstation Classic. It was a “kit” containing the computer itself, a Type 4 keyboard, a mechanical mouse, a 15″ CRT monitor (Sun/Nokia 449a), an external CD-ROM drive (SCSI) and a bag (yes, a bag) full of software. There were dozens of Solaris releases, Red Hat for SPARC, compilers, several tools and a lot of SunSolve editions. [ leia em português ]

The computer’s acquisition itself has its own story and must be told another day, not now. 🙂

Continuar lendo

E o celular era pirata!

commodole

Pois é, há dias que eu acho que existe algum tipo de maldição rondando o legado da Commodore, tem outros que tenho certeza que é excesso de abutres voando ao redor do cadáver. A última foram os tais smartphones da Commodore, anunciados (ironicamente) aqui e de forma mais séria pela imprensa local.

Então, a C= Holdings B.V. a empresa que detêm os direitos de exploração das marcas relacionadas à antiga Commodore (exceto a parte do Amiga) emitiu um comunicado oficial informando que (dois pontos, abre aspas):

C=Holdings BV anuncia que não concedeu quaisquer direitos à CBM para fazer uso da marca COMMODORE, nem que C=Holdings BV tem qualquer envolvimento no desenvolvimento e na comercialização destes produtos. A C=Holdings BV defenderá vigorosamente seus direitos relativos a estes assunto.

Ou seja, era celular pirata, era da “commodole”! Saudades da época do Jack Tramiel.

( Vintage is the New Old )


Publicado originalmente no Retrocomputaria Plus e replicado aqui.

Anexo à primeira parte dos “jogos legais”

jogos-1_mr-rescue

Posso acrescentar um outro jogo com visual retro à minha lista? Trata-se de Mr. Rescue da Tangram Games, escrito em Lua e utilizando o framework para a criação de jogos 2D, a LÖVE.

Nele você é um bombeiro com a missão de salvar as pessoas presas em um edifício durante um incêndio — diga-se de passagem, a premissa não é apagar o fogo e sim salvar as pessoas, o fato de que você as atira pela janela é parte da licença poética — antes que o tempo acabe ou sua roupa esquente de mais.

Um excelente uso para se dar ao aparelho de TV nas tardes de sábado 🙂

Se o Pica-Pau tivesse comunicado a polícia…

…ou melhor, se o Pica-Pau tivesse consultado a Wikipédia isso não teria acontecido! E nem estou falando do tempo verbal. 🙂

pica-pau

Acontece que a Commodore International foi uma empresa fundada por Jack Tramiel em 1954 e encerrada em 1994 (sim, ela faliu e deixou de existir neste plano — seu fundador saiu da empresa em 1984 e adquiriu a marca “Atari” mas esta é outra história), originalmente ela vendia máquinas de escrever, passou para as calculadoras mecânicas, as eletrônicas e, obviamente, os computadores.

Seu primeiro computador stricto sensu foi o PET de 1977 e seguido dos VIC-20 e C64 este último seu maior sucesso só tendo sua produção encerrada com a falência da empresa e com cerca de 12,5 milhões de unidades vendidas. Em 1985, com o lançamento do Commodore Amiga, e inventou aquilo que uma década depois foi chamada de multimídia (ou multimeios).

Ou seja, relação alguma com as empresas que vez ou outra aparecem por aí pegando carona nas marcas deixadas, esta dos telefones, a bola da vez, é a Commodore Smart, a penúltima foi a Commodore USA (também encerrada) e a lista segue incluindo tablets, netbooks, “computador para web” e outros gadgets do momento.