O desafio dos monstros – parte 3

desafio-3_monster

Agora é a vez da versão para MSX-BASIC d’O desafio dos monstros ou, mais precisamente, uma versão específica para este dialeto de BASIC já que o programa do livro trata-se de uma versão “genérica”.

Continuar lendo

Anúncios

O desafio dos monstros – parte 1

desafio-1_abertura.png

Este jogo, “O desafio dos monstros” (ou Monster Wrestling no título original), é um dos seis jogos que integram o livro Weird Computer Games. Todos eles são programas curtos, escritos totalmente em BASIC, de mecânica simples e compatíveis com os computadores Acorn BBC/Electron, Apple II, Commodore 64/VIC-20, TRS-80 Color e ZX-Spectrum — cada listagem contendo um apêndice com as instruções necessárias para adequá-lo à sintaxe/capacidades do interpretador em cada modelo.

Este livro foi escrito por Jenny Tyler e Chris Oxlade e editado em 1983 pela Usborne Publishing na Inglaterra. Em 1984 foi publicado no Brasil pela Editora Lutécia sob o título de Programas de Jogos de Terror, com o suporte aos computadores fabricados pela Acorn removido e acrescentadas instruções para compatibilidade com computadores MSX¹, PC, TRS-80 e até mesmo o TK-2000.

(¹) Algo curioso já que o MSX só foi lançado oficialmente no Brasil na segunda metade de 1985.

Continuar lendo

Atualização do Flappy Bird

flappybird_1d

Há algum tempo venho mexendo no código do Flappy Bird tanto para aplicar as “novas regras” criadas para organizar o código como para mudar certas coisas e corrigir alguns erros. E como a lista de mudanças foi extensa resolvi anunciá-la, então…

“Flappy Bird for MSX” versão 1.D

Novidades desta versão:

  • Fim do código em tripa com a separação das rotinas em blocos funcionais;
  • Melhor uso dos recursos do Pasmo;
  • Ajustes e correções no Makefile;
  • Uma contagem mais decente da pontuação (agora de 5 em 5);
  • A movimentação do pássaro é feita através da barra de espaços ou do botão 1 do joystick A;
  • Correção do endereço inicial do arquivo binário e
  • Mudança nos endereços de execução para 0x4000 em ROM e 0xC000 em binário (agora é compatível com modelos de 16KiB).

E os arquivos estão disponíveis no repositório do GitHub e na página do jogo (em “Meu Software”) há mais informações a respeito.

Survive — Controlando objetos

Survive-8_controle

Quando do comecei este projeto tinha em mente que seu objetivo não seria o de demonstrar como (re)fazer o jogo A, ou B. Para tal bastaria (re)escrevê-lo, publicar o código e aí comentar tediosamente a função de cada bloco de código. A ideia sempre foi a de documentar o processo de desenvolvimento (o durante) mas também repassar a teoria necessária para o caso de alguém se aventurar em algo parecido.

Nesta parte é a vez de aprender como mandar das “instruções” para movimentar os objetos na tela usando os joysticks do MSX.

Continuar lendo

Survive — Colisão de sprites II

survive-7_colisão_de_sprites
Por mais incrível que possa parecer, pois havia algum código por lá, a parte anterior contemplava apenas da “teoria” envolvida na coincidência/colisão de sprites com o TMS9128. Especificamente no caso dele saber que ela (a colisão) aconteceu é apenas o começo pois fica faltando a parte mais importante na história pois o VDP do MSX diz que dois (ou mais) sprites esbarraram em algum canto da tela mas não os identifica. E neste caso, até identificá-los todos os sprites na tela são suspeitos.

…aliás, que fique claro que não estou falando de Keyser Söze aqui! 🙂

Continuar lendo