Um “crontab” mais simples

crontab-1_abertura.png

Bem resumido… cada linha do “contrab” é composta por seis campos. Os cinco primeiros representam, respectivamente, “minuto” (0-59), “hora” (0-23), “dia do mês” (1-31), “mês” (1-12) e “dia da semana” (0-7)¹; o sexto campo é o comando a ser agendado. E nas definições de hora, minuto, dia etc você pode usar “-” para indicat uma faixa de valores, o “,” para elencá-los individualmente ou então utilizar”*” para representar todos os valores possíveis.

Mas se você é assim como eu e nunca lembra direito da ordem dos cinco primeiros campos, há um conjunto de atalhos² que ajudam a simplificar um pouco o agendamento de tarefas.

(¹) Você pode usar 0 ou 7 para representar o domingo.

São eles:

Atalho Significado Equivalência
@reboot Sempre que o cron for iniciado. n/a
@yearly A cada novo ano, mais precisamente às 00:00 de 1º de janeiro. 0 0 1 1 *
@annually O mesmo que @yearly.
@monthly A cada dia 1º do mês e também às 00:00. 0 0 1 * *
@weekly A cada nova semana, todo domingo as 00:00. 0 0 * * 0
@daily Todo dia às 00:00. 0 0 * * *
@midnight O mesmo que @daily.
@hourly A cada nova hora (0:00, 1:00, …, 22:00, 23:00). 0 * * * *

Para saber um pouco mais sobre as opções disponíveis para a edição do arquivo “crontab” acesse a página de manual dele — acesse usando man 5 crontab — ou então do próprio cron.

(²) A página de manual o chama de strings mas preferi usar atalho.

Anúncios

Um comentário sobre “Um “crontab” mais simples

Os comentários estão desativados.