Teletransporte em ação

teleport-2_ubuntu

Não vou me atentar aos detalhes, eles estão lá na primeira publicação, mas o que fiz basicamente foi mover o destino do teletransporte para um outro computador e, claro, cuidar para que os demais pré-requisitos também fossem seguidos — mesma configuração, sem instantâneos e utilizando o mesmo disco (em compartilhamento via CIFS/SMB).

Preparativos

Começando pelo mais importante a imagem de disco no primeiro host, o MacOS X:

$ vbinfo Ubuntu_64 | grep vdi
SATA (0, 0): /Volumes/VM/Ubuntu_64.vdi
(UUID: 5cd8a7fc-65b0-4faf-820c-4ea4f5b48de8)

E no segundo host, o Ubuntu:

$ vbinfo Ubuntu_64 | grep vdi
SATA (0, 0): /home/giovanni/VM/Ubuntu_64.vdi
(UUID: 5cd8a7fc-65b0-4faf-820c-4ea4f5b48de8)

A localização do arquivo está diferente mas o importante é que o UUID é igual, ou seja, são a mesma imagem de disco.

Como estão em dois gerenciadores diferentes deixei as máquinas virtuais com o mesmo nome, “Ubuntu 64”, e já que a configuração da rede é por DHCP também mantive o mesmo endereço MAC na interface.

Mas um detalhe é muito importante:

teleport-2_legacy

No caso específico da versão 5.x do VirtualBox precisei mexer nesta nova opção, a “Interface de paravirtualização” deixando-a como “Legado”, ou seja, para se comportar como versões antigas do VirtualBox — no MacBook está instalada a série 4.X que é a última suportando pela versão 10.6 do MacOS X –a Snow Leopard 😿.

Também aproveitei para instalar o XFCE para ter “algo mais” rodando dentro da máquina durante a transferência.

Teletransportando…

Então é digitar no Ubuntu:

$ VBoxManage modifyvm Ubuntu_64 --teleporter on \
  --teleporterport 64000 --teleporterpassword ubuntu64
$ VBoxManage startvm Ubuntu_64 --type sdl

A máquina virtual será iniciada mas  ficará em estado de espera, então no MacOS X:

$ VBoxManage controlvm Ubuntu_64 teleport \
  --host 192.168.0.23--port 64000 --password ubuntu64

O processo é rápido e pode ser testemunhado neste vídeo.

E com relação ao erro que ocorreu quando tentei alterar o estado da máquina em execução.

$ VBoxManage modifyvm Ubuntu_64 --teleporter off
VBoxManage: error: The machine 'Ubuntu_64' is already locked for a
session (or being unlocked)
VBoxManage: error: Details: code VBOX_E_INVALID_OBJECT_STATE
(0x80bb0007), component MachineWrap, interface IMachine, callee
nsISupports
VBoxManage: error: Context: "LockMachine(a->session, LockType_Write)"
at line 493 of file VBoxManageModifyVM.cpp

Foi bobeira minha — RTFM para mim! — pois o comando modifyvm, conforme avisa o manual, funciona apenas em máquinas virtuais desligadas:

8.8. VBoxManage modifyvm

This command changes the properties of a registered virtual machine which is not running (…) These commands require that the machine is powered off (neither running nor in “saved” state).

Em máquinas virtuais em execução usar-se o comando controlvm mas ele não possui funcionalidade equivalente ao “–teleporter off”. :-/

Anúncios

Um comentário sobre “Teletransporte em ação

  1. Pingback: Teletransporte do VirtualBox em ação - Peguei do

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s