Jogos Legais, tomo I

jogos 1 - abbie

Resolvi, por distração, fazer uma lista com alguns “jogos legais”, ou que eu considero legais, em Linux. Já que pensava em escrever sobre alguma coisa menos “séria”. Mas, quando percebi que a lista ficou muito extensa para uma publicação, resolvi dividi-la em categorias. Sendo assim, no primeiro tomo, os jogos com visual retro.

GNU Robbo

jogos 1 - gnurobbo

O primeiro da lista é o remake de Robbo, um jogo polonês lançado no final da década de 1980 para computadores Atari XL/XE (os computadores da Atari e não os consoles!) e que depois foi disponibilizado em outras plataformas. É um jogo de puzzle em que você, o robô, precisa desviar dos perigos e coletar as peças, os parafusos, necessários para consertar sua nave e sair do planeta (no caso passar para a próxima fase).

Você pode jogá-lo tanto com este visual (skin) aprimorado mas também com gráficos mais parecidos com a versão original dos Atari 8-bit.

http://gnurobbo.sourceforge.net

L’Abbaye des morts

jogos-1-abbie0

Este aqui fez o caminho inverso do primeiro, é um jogo novo — foi originalmente lançado para Windows mas já há versões em HTML5, Linux, Ouya e até Wii — que ganhou um demake para ZX Spectrum — plataforma de onde o conceito e até mesmo o visual serviram de fonte de inspiração. Nele você é um cátaro de nome Jean Raymond que perseguido pela Igreja Católica se refugia nas ruínas de uma igreja onde, para variar, está escondido um antigo mal.

É um jogo de plataforma típico do bom e velho speccy — três palavras: Jet Set Willy — e você pode tanto jogar com gráficos aprimorados (a imagem que abre esta postagem) ou no estilo clássico de 16 cores e fundo preto do ZX Spectrum.

http://www.locomalito.com/abbaye_des_morts.php

TecnoballZ

jogos 1 - tecnoballz

Ao contrário dos demais este sujeito não é um remakee nem um demake! É um port oficial dos autores originais do jogo. O TecnoballZ foi lançado pela TLK Games em 1991 para os computadores Commodore Amiga de chipset OCS/ECS, em 1995 foi lançada uma versão aprimorada para usar os recursos das máquinas com chipset AGA (basicamente com mais cores), o TecnoballZ AGA, e em 2005 foi convertido para Linux.

É uma versão do jogo de paredão onde, tal qual foi feito em Arkanoid, se acrescentaram inimigos, prêmios, objetos para coletar etc.

http://linux.tlk.fr/games/TecnoballZ/

Barbie Seahorse Adventures

jogos 1 - barbie

Este não é remake, demake ou port é um clone dos jogos de plataforma como os da série Super Mario (ou Gianna Sisters se preferir) que mantém o visual (e a paleta de cores) do bom e velho NES/Famicon. É todo escrito em Python com a biblioteca Pygame. O enredo? A própria página não diz lá muita coisa, exceto que “você é um cavalo marinho que precisa alcançar a Lua”(sic).

http://www.imitationpickles.org/barbie/

Em tempo, GNU Robbo e TecnoballZ já estão empacotados em algumas distribuições enquanto Abbaye e Barbie podem ser baixados diretamente das páginas dos seus desenvolvedores. Boa diversão!

E se você não faz a menor ideia sobre o que sejam AGA, Atari, Amiga, Commodore, ECS, OCS, XE, XL ou mesmo ZX Spectrum fica aqui o convite para conhecer o podcast Retrocomputaria e o blog Retrocomputaria Plus para aprender sobre “uma era onde não tínhamos Internet e os micros tinham Kbytes de memória. Mas sobrava imaginação, aprendizado, conhecimento e diversidade.”

Anúncios

Um comentário sobre “Jogos Legais, tomo I

  1. Pingback: Anexo à primeira parte dos “jogos legais” | giovannireisnunes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s